Após expulsão do DEM, Rodrigo Maia se oferece para ajudar Lula em 2022

O ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia se ofereceu para colaborar com o programa de governo e nas articulações da campanha de Luis Inácio Lula da Silva para a presidência da República em 2022. Maia foi expulso nesta segunda-feira, 14, do DEM após desentendimentos públicos com o presidente do partido, ACM Neto.

Os dois tiveram uma conversa fechada no Palácio da Cidade, sede da Prefeitura do Rio de Janeiro, na última sexta-feira, 11. Também participaram o prefeito, Eduardo Paes (PSD), e a presidente do PT Gleisi Hoffman. As informações são da coluna da Malu Gaspar, do jornal O Globo.

A expectativa é que Maia vá para o PSD, partido de Paes. Na conversa com Lula, Maia disse que poderia ajudar a fazer a interlocução de sua campanha com políticos e setores da sociedade que hoje rejeitam o PT, em razão do histórico de escândalos e problemas econômicos dos últimos anos de governo do partido.

O ex-presidente da Câmara também se ofereceu para organizar debates e discutir soluções para a crise provocada pela pandemia da Covid-19. Ainda de acordo com a coluna, especula-se, no entorno de Lula, que Maia deseje uma vaga de vice na chapa petista.

Fonte: A Tarde

Propagandahttps://uploaddeimagens.com.br/images/003/150/661/original/4_Segundo.gif?1616686660

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui