São Paulo é derrotado pela Ponte Preta e perde invencibilidade no Paulistão

Propaganda

Em uma partida disputada neste sábado, pela sétima rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo enfrentou um revés que encerrou sua invencibilidade na temporada. Jogando fora de casa, o Tricolor não conseguiu superar a Ponte Preta, que se saiu vitoriosa por 2 a 0, com gols de Gabriel Risso e Renato.

Apesar da derrota, o São Paulo mantém a liderança do grupo D com 13 pontos, seguido de perto pelo São Bernardo, que tem 11. A Ponte Preta, com essa vitória, solidifica sua posição como vice-líder do grupo B, alcançando 12 pontos, um a menos que o líder Palmeiras.

Propaganda

O jogo no Moisés Lucarelli começou agitado, com o São Paulo buscando o ataque desde os primeiros minutos. A equipe teve uma chance clara aos cinco minutos, mas acabou desperdiçando. A Ponte Preta, por sua vez, respondeu com rapidez e demonstrou que não seria uma presa fácil, testando o goleiro Rafael em diversas ocasiões.

No segundo tempo, o jogo ganhou em emoção. Apesar dos esforços do São Paulo, foi a Ponte Preta que conseguiu abrir o placar aos 29 minutos, com um belo gol de Gabriel Risso. O São Paulo buscou reagir, mas a Ponte conseguiu segurar a pressão e ainda ampliou o placar com Renato, selando a vitória em casa.

Palmeiras vence a quarta partida consecutiva pelo Paulistão.

O resultado é um golpe nas ambições do São Paulo de manter a liderança tranquila de seu grupo, mas o campeonato está longe de acabar. O Tricolor terá a chance de se recuperar na próxima quarta-feira, quando enfrentará o Santos no Morumbi, em busca de retomar o caminho das vitórias. No mesmo dia, a Ponte Preta visitará o Red Bull Bragantino, tentando construir em cima deste importante triunfo.

O São Paulo, agora, tem a missão de se reerguer e mostrar que a derrota foi apenas um percalço em sua trajetória no Paulistão. A Ponte Preta, por outro lado, celebra uma vitória significativa que pode ser crucial na busca pela classificação para a próxima fase do campeonato.

FICHA TÉCNICA

Ponte Preta 2 X 0 São Paulo

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data/Hr: 10 de fevereiro de 2024, sábado, 18h
Árbitro: Fabiano Monteiro dos Santos
Assistentes: Evandro de Melo Lima e Leandro Matos Feitosa
VAR: José Cláudio Rocha Filho
Público: 11.451 pessoas
Renda: R$ 267.530,00
Cartões amarelos: Dudu (Ponte Preta); Galoppo, Diego Costa, Arboleda (São Paulo)

São Paulo vence Água Santa por 3 a 0 em sua primeira partida após a conquista da Supercopa Rei

 

GOLS: Gabriel Risso, aos 29 do 2ºT, e Renato, aos 46 do 2ºT (Ponte Preta)

PONTE PRETA: Pedro Rocha; Igor Inocêncio, Luís Haquin, Castro, Nilson Júnior e Gabriel Risso; Emerson Santos (Leo Naldi), Ramon (Wesley Fraga), Elvis (Dudu); Iago Dias (Paul Villero) e Dodô (Gabriel Novaes). Técnico: João Brigatti

SÃO PAULO: Rafael; Moreira, Arboleda, Diego Costa e Welington; Pablo Maia (Juan) e Luiz Gustavo (Bobadilla); Wellington Rato (Erick), Luciano e Galoppo (Ferreirinha); Calleri. Técnico: Thiago Carpini

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui