Citação bíblica vira motivo de “treta” entre Rui Costa e João Roma

Propaganda

A Bíblia Sagrada deverá ter grande protagonismo nos debates eleitorais de 2022. O pré-candidato ao Governo da Bahia, João Roma (PL), respondeu a um ataque do governador Rui Costa (PT) ao presidente Jair Bolsonaro (PL) nesta terça-feira (7). Em entrevista à Rádio Líder FM, da cidade de Laje, Rui disse que “é hora de exercitar aquela passagem da bíblia que diz que é importante separar o joio do trigo” ao falar sobre a candidatura do ex-presidente Lula (PT).

“É importante que a gente ao, se Deus quiser eleger o Lula, possa eleger também o governador, senador, deputado pra ajudar o Lula e não pra chantagear, pra trair, pra tentar derrubar o Lula, porque aí o Brasil não vai sair desse buraco e nós precisamos tirar o Brasil desse buraco”, emendou Rui.

Propaganda

Em resposta, Roma divulgou nota declarando que “o governador Rui Costa precisa ter mais parcimônia e cuidado com suas enviesadas citações bíblicas, porque, como diz o dito popular, ‘quem não sabe rezar xinga a Deus'”. Ele lembrou de uma passagem da Bíblia, usada como slogan do presidente Bolsonaro. “Está em João 8:32: ‘E conhecerão a verdade. E a verdade os libertará'”, alfinetou.

Ainda nas palavras de Roma, Rui “cita a parábola do joio e do trigo que está no Evangelho de Mateus, mas “age justamente como quem espalha o joio, que é a mentira”. “A colheita, governador, a hora para separar o joio  do trigo será em outubro, com a resposta dos baianos para que a Bahia siga o mesmo destino do Brasil, com o presidente Bolsonaro”, finalizou.

Vale lembrar que o PT tenta nacionalemnte se aproximar do eleitorado evangélico na eleição de 2022, já que é um nicho onde o bolsonarismo surfou com grande força na eleição de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui