Rui Costa: política de armamento da população só interessa ao crime

Propaganda
Foto: Matheus Morais/bahia.ba

O governador Rui Costa (PT) criticou na manhã desta terça-feira (20) a política de armamento da população. Para o petista, “não é possível que o cidadão comum tenha direito a portar oito armas. Que, eventualmente, um caçador tenha direito a 60 armas. Isso é um arsenal. “.

Rui ressaltou que a política de armamento só interessa ao crime. “Nós somos contra a política de armar a população. Na medida que se perde o controle disso, e essas armas são furtadas, por exemplo,  as armas vão cair nas mãos de criminosos e de pessoas que tenham problemas psicológicos e não possam portar essas armas. Uma simples briga de rua, de trânsito, se um dos dois ou os dois estiverem armados, pode acabar em tiros “, destacou durante anúncio de novidades para a Polícia Militar da Bahia.

Propaganda

“Defendo um país de paz, onde nossos policiais possam exercer de forma firme suas atividades. Estaremos sempre defendendo a constituição e a lei, ao lado da Polícia Militar e da Polícia Civil da Bahia. Juntos da sociedade”, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui