Roma promete ‘acabar com burocracia’ para cumprir mandados de reintegração de posse

Propaganda
Foto: Ascom / João Roma

O pré-candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), anunciou que, no caso de eleito, vai acabar com a ‘burocracia criada pelo governo do PT para dificultar o apoio da Polícia Militar no cumprimento de mandados judiciais de reintegrações de posses no estado’. De acordo com Roma, ‘sem o apoio das forças policiais, as decisões da justiça ficam sem execução diante de invasores armados’.

“Veladamente os governantes petistas criaram uma verdadeira jabuticaba burocrática para retardar e muitas vezes impedir que o reforço policial apoie a execução de ordens judiciais para a devolução de terras invadidas de forma criminosa a seus proprietários, principalmente na zona rural. Se eleito, vou acabar com esse expediente que desrespeita a nossa Constituição”, afirmou Roma em entrevista à rádio Costa Sul, de Canavieiras.

Propaganda

O pré-candidato bolsonarista destacou que o descumprimento de ordens judiciais fere frontalmente a Constituição Federal. “Para driblar a legislação e proteger movimentos aliados, contumazes em invasões ilegais no campo, os governos petistas criaram instruções que burocratizam o imprescindível auxílio policial nas execuções, uma vez que os invasores em grande número geralmente resistem e estão armados”.

O ex-ministro da Cidadania defende uma mudança geral na postura de um novo governo na Bahia. “Atualmente inventam artifícios para proteger os aliados que invadem ilegalmente terras, atropelando a Constituição, mas não dão condições nem respaldo aos nossos policiais para enfrentarem os bandidos que aterrorizam a vida dos baianos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui