Programa de alfabetização ‘Sim, Eu Posso!’ forma mais 600 estudantes

Propaganda
Fotos: Amanda Chung / Ascom-SEC

Mais uma turma de 600 estudantes do programa de alfabetização “Sim, Eu Posso!” se formou, neste sábado (20), no auditório da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Educação e a Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Ao todo, a campanha já alfabetizou 3,2 mil estudantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em 16 municípios baianos. “Somente foi possível essa celebração porque esses três entes, SEC, Uneb e MST, e muitos outros se juntaram e disseram ‘sim’ para o compromisso que nós temos com a nossa população. Hoje são menos 3,2 mil analfabetos no nosso estado por meio deste programa. Essa ação importante faz parte da nossa luta contra o analfabetismo na Bahia. É um orgulho estar aqui”, comemorou a secretária de Educação, Adélia Pinheiro.

Propaganda

A abertura da cerimônia de formatura foi marcada com uma apresentação mística, feita pelos professores da campanha, representando os povos que o “Sim, Eu Posso!” alcançou. Em seguida, foi montada uma mesa com as autoridades presentes e, na sequência, alguns estudantes leram as primeiras cartas escritas por eles após serem alfabetizados pelo programa.

Sobre o programa – O programa tem o objetivo de alfabetizar através do método “Sim, Eu Posso!” 4,5 mil jovens, adultos e idosos de áreas periféricas dos municípios Iguaí, Vitória da Conquista, Ribeirão do Largo, Itaetê, Boa Vista do Tupim, Teixeira de Freitas, Eunápolis, Santa Cruz Calábria, Porto Seguro, Wenceslau Guimarães, Igrapiúna, Camamu, Feira de Santana, Santo Amaro, Dias D’Ávila e Paulo Afonso, a partir da implementação de 300 turmas em 11 Territórios de identidade e 16 municípios baianos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui