Petrobrás anuncia reajuste na gasolina (4%) e no diesel (5%)

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

A Petrobrás aprovou nesta sexta-feira (9) um reajuste médio de 4% no preço da gasolina e de 5% no diesel, ambos se referem ao custo dos produtos nas refinarias. Em nota, a petrolífera alega que os preços dos dois combustíveis recuaram este ano e correspondem a menos da metade do valor cobrando ao consumidor.

Segundo a Petrobrás, desde janeiro de 2020, o preço médio da Petrobras acumula uma queda de 24,3% no diesel e uma redução 5,3% no caso da gasolina. “O preço médio da gasolina da Petrobras para as distribuidoras será de R$ 1,82 por litro após o reajuste. Entre julho e agosto, o preço médio da Petrobras correspondeu a cerca de 30% do preço final ao consumidor nos postos de combustíveis”, afirmou a petrolífera.

Ainda segundo a companhia, no diesel o preço da Petrobras para as distribuidoras será de R$ 1,76 por litro após o reajuste. E, entre julho e agosto, representou cerca de 49% do preço final ao consumidor nos postos revendedores.

A Petrobras argumenta que, segundo pesquisa da Globalpetrolprices.com em 127 países, o preço médio do diesel ao consumidor final no Brasil está 32% inferior à média global, sendo inferior aos preços observados em 103 países.Para a gasolina, o preço final no Brasil está 23% inferior à média global e menor do que em 96 países. Nos dois casos, o valor cobrado é convertido ao dólar para permitir a comparação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui