Oposição milagrense realiza convenção na tarde desta quarta-feira e ex-prefeito Galego pode não concorrer

O PSD de Milagres, que faz oposição local ao prefeito Cézar de Adério (PP), realizará na tarde desta quarta-feira (16) sua convenção partidária, que decidirá os candidatos que vão compor as chapas majoritária e proporcional, que concorrerão ao pleito eleitoral do próximo dia 15 de novembro.

A grande expectativa é se o ex-prefeito Raimundo Souza Silva, o Galego, líder oposicionista, concorrerá ou não, uma vez que neste período de pandemia ele fez isolamento social e, há mais de quatro meses não aparece na cidade, estando recluso em suas fazendas.

Oficiosamente, circula mensagem de áudio nas redes sociais informando que Galego não iria concorrer, pois não poderia fazer a campanha no corpo a corpo, visitando e abraçando os munícipes, como sempre fez em sua trajetória política, na qual foi eleito para quatro mandatos de prefeito, elegeu dois sucessores e perdeu apenas a eleição passada, quando apoiou a, então vereadora, Rosa Andrade, que foi derrotada pelo atual prefeito.

Se será ou não Galego ou quem serão os candidatos que representarão o campo oposicionista, será sabido no final desta tarde. Há comentários de que, com a desistência do maior líder, seu filho Conrado Neto, que já foi vereador e vice-prefeito do município encabeçaria a chapa majoritária, tendo como vice-prefeita a médica e ex-prefeita Valdice Cordeiro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui