Operação investiga esquema que removia multa de veículos

Propaganda
Foto: divulgação/ MP-BA

Uma operação conjunta realizada nesta quarta-feira (9) cumpriu mandados de busca e apreensão em Salvador visando desvendar um esquema que removia multas de veículos no Detran. Segundo o Ministério Público do Estado (MP-BA), uma organização criminosa atuava de janeiro de 2019 a novembro último – quase dois anos -, gerando um prejuízo aos cofres públicos de R$ 2 milhões.

A corregedoria do órgão estadual detectou a fraude, após seis meses de apuração, enviando as conclusões ao MP-BA em setembro deste ano. O Detran encontrou indícios de envolvimento de quatro agentes públicos.

Propaganda

“Eles aproveitavam a realização de leilões, onde os veículos são liberados livres de dívidas, para inserir dados falsos no sistema e retirar multas de carros que não iriam a leilão. Os envolvidos já foram exonerados”, informou o órgão de trânsito, em nota.

Denominada Deleterius, a operação conjunta do Ministério Público com Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA),envolveu cinco mandados de busca e apreensão e requisição de documentos nos bairros do Costa Azul, Caminho das Arvores e Stiep. O Detran esclareceu que busca capacitar o quadro de funcionários para coibir ilícitos em procedimentos de habilitação ou com veículos. Com informações do G1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui