Irmão de Weintraub será investigado por Comissão de Ética da Presidência

Propaganda
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Comissão de Ética da Presidência da República abriu um processo contra Arthur Weintraub, o irmão do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub, que era assessor especial de Jair Bolsonaro. A informação é da coluna de Guilherme Amado, da revista Época.

Segundo a publicação, o economista será investigado por ofensas publicadas por ele em redes sociais. A decisão foi tomada no fim de novembro, por unanimidade. Arthur deixou o cargo em setembro.

Propaganda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui