Gilmar Mendes deve ignorar Fachin e levar suspeição de Moro para julgamento

Propaganda
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes deve ignorar Edson Fachin e levar a julgamento da Segunda Turma, possivelmente já nesta terça-feira (9), o habeas corpus que trata da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro em relação ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O caso se encontra com pedido de vista de Mendes.

De acordo com a coluna de Guilherme Amado, da revista Época, o argumento central é que esse julgamento já se iniciou e deve ser concluído. Outro argumento, segundo interlocutores do ministro, é o que diz o artigo 96 do Código de Processo Penal, segundo o qual o reconhecimento de suspeição deverá preceder qualquer outro, inclusive de incompetência para julgar.

Propaganda

Se isso acontecer, a Lava Jato ainda poderá sofrer uma revisão criminal em massa, a partir do entendimento que, se Moro era parcial para julgar Lula por razões políticas, era parcial para julgar qualquer político.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui