De saída, Pazuello fará ‘balanço da pandemia’ em coletiva nesta segunda, diz coluna

Propaganda
Imagem: Reprodução/ CNN Brasil

Cada vez mais perto de deixar o cargo e sob pressão de políticos, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, já informou a auxiliares que dará uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (15), às 16 horas. Segundo a colunista carla Araújo, do portal UOL. a convocação oficial da coletiva será para fazer um balanço da pandemia. Na coletiva, segundo apurou a coluna, Pazuello falará ainda sobre vacinas e a situação do Acre e Rondônia.

Ainda não está certo se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai anunciar antes disso a saída do ministro. Há pouco, em nota oficial, o Palácio do Planalto confirmou o encontro do presidente com a médica Ludhmila Hajjar, no Palácio da Alvorada. Ela está sendo cotada como possível substituta do ministro.

Propaganda

Ainda segundo a colunista do UOL, auxiliares do presidente dizem que o processo de saída de Pazuello “está caminhando” e que o ambiente, além da pressão política, é de um desgaste pessoal muito grande. O ministério divulgou uma curta nota hoje afirmando que “até o presente momento o ministro Eduardo Pazuello segue à frente da Pasta”.

Generais próximos a Pazuello dizem que ele já vinha demonstrando cansaço e pedido para deixar o cargo. Ministros, no entanto, negam que Pazuello tenha pedido para sair, mas admitem que já há um tempo a avaliação sobre uma troca no comando da Saúde está sendo feita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui