Conquista planeja vacinar 90 mil na 1ª fase, mas número de doses deve limitar imunização

Propaganda

A expectativa da Secretaria de Saúde de Vitória da Conquista, no Sudoeste Baiano, é que cerca de 90 mil pessoas sejam vacinadas na cidade contra a Covid-19 após a distribuição das doses por parte do governo do estado. O número preciso dos imunizados com o primeiro lote do imunizante, cuja previsão de desembarque na Bahia continua nesta segunda-feira (18), não deve ser divulgado. Além das 42 unidades de saúde, a vacina também deve ser disponibilizada em outros quatro pontos fixos.  

De acordo com a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, o município já concluiu o plano de vacinação que será executado, mas ainda não é possível dizer quantas doses serão aplicadas com exatidão. “Nossa equipe está pronta para fazer toda operação de vacinação da primeira fase do grupo prioritário. O que nos falta agora é saber o quantitativo da primeira fase e quando iremos receber. Essa resposta o governo do estado deve passar para os municípios, mas até então não temos essa informação”, disse.
Ainda segundo a secretária, o município adquiriu cerca de vinte novos refrigeradores para as unidades de saúde que estavam sem o equipamento, outros insumos também foram adquiridos para atender à demanda. “Toda vacina vem casa com o seu kit de seringa enviado pelo Ministério da Saúde, mesmo assim, também adquirimos mais seringas e insumos para se precisar ter reposição. Nossa intenção é vacinar no primeiro momento cerca de 90 mil pessoas de acordo com o grupo prioritário do ministério. São idosos, trabalhadores da saúde e segurança, indígenas e quilombolas”, disse, sem saber precisar o número de seringas adquiridas. 

Propaganda

De acordo com Ramona, as 42 unidades de saúde de Vitória da Conquista estão preparadas para a distribuição do imunizante. Além disto, outros quatro pontos fixos de drive-thru estão sendo preparados para atender a população. A vacina será disponibilizada no Estágio Municipal Lomanto Júnior, no Centro Municipal de Atenção Especializada (Cemae), no Batalhão da Polícia Militar e um quarto ponto que está sendo definido ainda nesta segunda. 

A secretária concluiu pedindo que a população se atente ao calendário de vacinação que será disponibilizado nas redes sociais, mídias, rádios e veículos de imprensa da região, a fim de evitar aglomerações nos postos. “Pedimos para que procure a unidade de saúde apenas quando for seu momento de ser vacinado, assim evitaremos possíveis contaminações”, salientou. 

Na manhã desta segunda-feira (18), a pasta divulgou que por uma questão de segurança, não iria divulgar o número de doses que seriam enviadas a cada um dos municípios baianos. A Sesab declarou ainda que o primeiro lote de será de 376.600 doses e que Salvador ficará com 45 mil doses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui